Avião da companhia Angolana TAAG regista acidente

414

Uma aeronave da Transportadora Aérea Angolana (TAAG) registou hoje uma avaria técnica após a sua aterragem, informou hoje fonte da companhia nacional, assegurando que passageiros e tripulação estão bem.

Segundo o porta-voz da TAAG, Carlos Vicente, trata-se de uma aeronave do tipo Boeing 737-700, que operava a rota Luanda/Soyo, a capital angolana e a província angolana do Zaire, tendo apresentado o problema quando se preparava para o estacionamento.

“Não houve vítimas humanas, a aeronave está imobilizada no Soyo, e a TAAG está a acautelar todos os pormenores no sentido de poder transportar os passageiros que se encontram na cidade do Soyo, para regressarem a Luanda”, disse o porta-voz da TAAG, sem especificar a natureza da avaria.

Carlos Vicente avançou apenas que equipas técnicas trabalham para avaliarem o que terá acontecido, para posterior informação mais precisa sobre o problema registado com o aparelho.

“Foi um colapso que a aeronave teve”, referiu apenas, insistindo que os passageiros “desembarcaram são e salvos”, sem nenhum problema a registar.

Recorrendo a uma linguagem eminentemente técnica, própria de quem é da esfera aeronáutica, fonte da revista Prestígio em Angola disse que o que sucedeu foi  que  “depois da aterragem, estavam a `taxiar´, ao fazer o `after landing checklist`, aparentemente por alguma distracção foi se mexer na alavanca do `landing` gear que resultou no `down position` para o `up position` e como o `graund` sensor não funcionou accionou de imediato a recolha do trem da frente, o que resultou na posição em se que verifica a aeronave”.

“A TAAG vai continuar a cumprir com o seu compromisso de transportar os passageiros no sentido Soyo/Luanda, como inicialmente programado” acrescentou.

Gostaríamos muito de ouvir a sua opinião...

Comentários

Casual 728x90

Deixe uma resposta